ROSAVIN

É uma erva medicinal tradicional na China, usada para promover a vitalidade física e cognitiva. Evidências científicas mais recentes apontam que entre os seus benefícios estão à proteção contra a degeneração do sistema nervoso central e a promoção da longevidade.

PROPRIEDADES

As propriedades terapêuticas da erva são altamente eficazes no tratamento de condições astênicas como a deterioração no desempenho de trabalho, distúrbios do sono, irritabilidade, cansaço e dores de cabeça. Condições essas, que ocorrem depois de forte estresse físico ou mental ou após doenças virais e/ou bacterianas, melhorando a memória e disfunção sexual. Além disso, o extrato de R. Rosea poderia desempenhar um papel útil na minimização das respostas adversas à pele. A influência do extrato de R. rosea na produção de espécies reativas de oxigênio (ROS) já foi observada de forma intracelular e na atividade enzimática, o que confere propriedades antioxidantes importantes desse fitocomplexo

A Rhodiola rósea possui compostos que são capazes de prevenir os efeitos físicos e químicos do cansaço e do estresse. Tendo como maior beneficio o seu potencial adaptogênico. O extrato do Rhodiola tem um efeito excelente em problemas da pele causados pelo stress mental, agindo como calmante.

Suas propriedades farmacológicas estão relacionadas com a capacidade de modular a ativação de vários componentes do complexo sistema de resposta ao estresse. A administração de Rhodiola rosea promove aumento moderado de endorfinas imuno reativas séricas, proporcionando sensação de bem estar.

Rosavin tem um efeito significativo na redução da liberação de histamina e substancia P sobre mastócitos estimuladores e neurônios sensoriais, o que sugere a redução da inflamação neurogênica induzida pelo estresse.

INDICAÇÕES

Calmante cutâneo, indicado para pós-procedimento estético, tratamento de dermatites, psoríase.

 

Citotoxicidade

Ensaio de liberação de histamina Mastócitos

– (degranulação) Composto 48/80 (10 ug / ml)
ELISA / EIA
– Fisiopatologia: Inflamação periférica, Sensibilidade,
Dor, Coceira

Ensaio de liberação e substância P

– Neurônios sensoriais, estimulação com
capsaicina (0,3 uM) ELISA
– Fisiopatologia: Inflamação periférica,
Sensibilidade, Dor, Coceira

 

 

 

 

 

 

 

Marcador ativo: Rosavin (0.5 ~ 0.75%)
dose usual: 0,05 A 0,2%
hidrossoluvel
Produto Ecocert

Tags: , , , , , ,
Share: 0