A função cognitiva é um conjunto de habilidades complexas.  Algumas das características que contribuem para a capacidade mental são, memória, raciocínio, atenção e coordenação psicomotora, sendo especialmente importante no desenvolvimento das diferentes fases da vida, desde a infância até a velhice. Perda de memória, falta de atenção e dificuldades relacionadas ao raciocínio lógico são sintomas do declínio cognitivo. O envelhecimento é a fase em que o organismo entra em processo de declínio e o cérebro pode funcionar mais devagar.

CDP-colina ou a citicolina, é um intermediário essencial na via biossintética dos fosfolípidos estruturais das membranas celulares, especialmente no da fosfatidilcolina. COGNIZIN  libera seus dois componentes principais, citidina e colina. Quando administrado oralmente, é absorvido quase completamente, e a sua biodisponibilidade é aproximadamente a mesma que quando administrada por via intravenosa. Uma vez absorvida, a citidina e a colina se dispersam amplamente pelo organismo, atravessam a barreira hematoencefálica e chegam ao sistema nervoso central (SNC), onde são incorporadas na fração fosfolipídica da membrana e dos microssomas. COGNIZIN ativa a biossíntese de fosfolipídeos estruturais nas membranas neuronais, aumenta o metabolismo cerebral e atua nos níveis de vários neurotransmissores. Assim, foi comprovado experimentalmente que COGNIZIN aumenta os níveis de noradrenalina e dopamina no SNC. Devido a estas atividades farmacológicas, COGNIZIN tem um efeito neuroprotetor em situações de hipóxia e isquémia, bem como um melhor desempenho de aprendizagem e memória.

O ativo Exclusivo COGNIZIN encontra-se disponível para as farmácias de manipulação na Nutrifarm. Entre em contato com os nossos consultores e conheça as nossas condições.

Material dedicado a profissionais da área médica e farmacêutica. Caso tenha qualquer dúvida, consulte um profissional de sua confiança.

Tags: , , , , , ,
Share: 0